Carregando...
 Como plantar os seus próprios legumes e ervas aromáticas em casa

Como plantar os seus próprios legumes e ervas aromáticas em casa

Independentemente da sua experiência em jardinagem ou do seu nível de competência, este artigo dar-lhe-á tudo o que precisa de saber sobre como plantar os seus próprios legumes e ervas aromáticas na sua horta doméstica.

Por que razão deve plantar os seus próprios legumes e ervas aromáticas?

Se está à procura de um projecto de jardinagem divertido e gratificante, plantar os seus próprios legumes e ervas aromáticas é uma excelente opção!

Não só poderá desfrutar de produtos frescos e deliciosos directamente do seu próprio quintal, como também terá a satisfação de saber que foi você que os cultivou. Existem muitas outras razões para plantar os seus próprios legumes e ervas aromáticas. Por um lado, é uma óptima maneira de poupar dinheiro nas compras.

plantar os seus próprios legumes
plantar os seus próprios legumes

Os produtos cultivados em casa são muitas vezes muito mais baratos do que os que se encontram nas lojas e, normalmente, são também mais nutritivos.

Outra vantagem de cultivar os seus próprios alimentos é o facto de poder controlar o que vai para eles. Quando cultiva os seus próprios frutos e legumes, pode optar por utilizar métodos orgânicos e evitar pesticidas e herbicidas nocivos. Isto não só é melhor para a sua saúde, como também é melhor para o ambiente.

Por último, a jardinagem é uma óptima forma de sair à rua e desfrutar de ar fresco e sol. É um passatempo relaxante que pode proporcionar exercício e ajudar a reduzir o stress. Por isso, porque não experimentar? Pode ser que acabe por descobrir que gosta!

Que legumes/ervas aromáticas se podem plantar?

Há uma série de legumes e ervas aromáticas que pode plantar em sua casa. Algumas das opções mais populares incluem tomates, pimentos, beringelas, abóboras, curgetes e manjericão. Também pode plantar outras opções, como cebolas, cenouras, rabanetes e espinafres.

Ao decidir que legumes ou ervas aromáticas plantar, é importante considerar a quantidade de espaço disponível. Se o espaço for limitado, pode considerar plantar apenas alguns tipos de legumes ou ervas.

Também é importante ter em conta o clima da sua região ao seleccionar o que plantar. Certos legumes e ervas requerem climas específicos para crescerem correctamente. Por exemplo, os tomates requerem um clima quente, enquanto os espinafres se desenvolvem em temperaturas mais frias.

Depois de ter seleccionado os legumes ou ervas que gostaria de plantar, é altura de preparar o solo. O solo deve estar solto e sem detritos, para que as raízes possam penetrar facilmente nele. É também importante certificar-se de que o solo está húmido, mas não encharcado.

Depois de o solo ter sido preparado, é altura de plantar as sementes ou as plântulas. Quando as plantas começarem a crescer, precisarão de ser regadas e fertilizadas regularmente para produzirem uma colheita abundante.

Quando é que os deve plantar?

Uma das grandes vantagens de plantar os seus próprios legumes e ervas aromáticas é que pode plantá-los em qualquer altura do ano, dependendo do que pretende cultivar. Se quiser plantar tomates, por exemplo, deve esperar até que o tempo esteja suficientemente quente para que não sejam danificados pela geada. Outros vegetais, como a alface e os espinafres, podem ser plantados no início do ano.

As ervas aromáticas são um pouco diferentes – algumas, como o manjericão, dão-se melhor nos meses de Verão, enquanto outras, como os orégãos e o tomilho, aguentam o tempo mais frio. Como regra geral, é melhor esperar pela Primavera para plantar a maioria das ervas, embora haja algumas que também podem ser plantadas no Outono.

A melhor maneira de saber quando plantar os seus legumes e ervas aromáticas é verificar o pacote de sementes ou falar com o seu viveiro local. Eles poderão dizer-lhe qual é a melhor altura para plantar na sua área específica.

Onde é que os deve plantar?

Há algumas coisas a ter em conta ao decidir onde plantar os legumes e as ervas aromáticas da sua casa. Primeiro, pense na quantidade de sol que a área recebe. A maioria dos legumes e ervas aromáticas precisa de pelo menos seis horas de luz solar directa por dia. Se não tiver uma área que apanhe tanto sol, ainda pode cultivar alguns legumes e ervas, mas pode ter de suplementar com iluminação artificial.

Outro aspecto a ter em conta é o solo. Os vegetais e as ervas aromáticas precisam de um solo bem drenado e fértil para se desenvolverem. Se o seu solo for pesado ou argiloso, terá de ser corrigido antes da plantação. Pode fazê-lo adicionando matéria orgânica como composto ou musgo de turfa.

Finalmente, pense na acessibilidade. Deve poder chegar facilmente às suas plantas para as poder regar e colher quando estiverem prontas. Uma forma fácil de o fazer é criar canteiros elevados ou utilizar recipientes num pátio ou deck.

Como manter um jardim bem sucedido
Partindo do princípio de que já iniciou o seu jardim, eis algumas dicas para manter um jardim bem sucedido:

-Regue regularmente e em profundidade. A maioria dos legumes precisa de cerca de 1 polegada de água por semana. Regue ao início do dia para que as folhas tenham tempo de secar antes do anoitecer.

-Fertilizar regularmente. Utilize um fertilizante equilibrado (como o 10-10-10) e siga as instruções da embalagem.

-Retirar as ervas daninhas com frequência. As ervas daninhas competem com as suas plantas pela água e pelos nutrientes. Puxe-as à mão ou use uma enxada para as manter sob controlo.

-Colha com frequência. Quanto mais colher, mais as suas plantas produzirão!

Conclusão

Cultivar os seus próprios alimentos é uma experiência divertida e gratificante que todos deveriam experimentar pelo menos uma vez. Não só terá acesso a produtos mais frescos e saborosos, como também terá a satisfação de saber que foi você que os cultivou. Com um pouco de planeamento e cuidado, pode facilmente cultivar os seus próprios legumes e ervas aromáticas em casa.

Jonathan

administrator